The Wailers

Banda reggae jamaicana, formada em 1963, por Junior Braithwaite, Beverley Kelso, Bunny Livingston, Bob Marley, Peter Tosh e Cherry Smith.
Em 1966, Braithwaite, Kelso e Smith abandonaram a banda. No início da década de 70 do século XX, Aston Barrett e Carlton Barrett juntaram-se a tempo de gravar o primeiro álbum da banda, Catch a Fire, ao qual se seguiu, no mesmo ano, Burnin'. Estes álbuns atraíram a crítica, mas não tiveram grande sucesso comercial.
A afimação progressiva de Bob Marley acabou por elevar o seu nome a um estatuto superior ao da sua banda de suporte e as edições discográficas seguintes destacavam esse pormenor. Assim, em 1974, surge Natty Dread, creditado a Bob Marley & The Wailers, uma vez que Tosh e Livingston deixaram a banda. A banda tinha-se tornado o suporte de Bob Marley, uma estrela em ascensão. De 1974 até a 1981, ano da morte de Bob Marley, as carreiras dos Wailers e de Marley confundiram-se, foram uma só, mas Bob Marley como estrela principal e os Wailers como banda de suporte.
Após a morte de Marley, os Wailers enfrentaram alguns problemas até conseguirem afirmar a sua música a solo, desprendida da influência do ícone do reggae que durante anos liderou o projeto. Diversos problemas legais travaram as iniciativas discográficas do grupo. Todavia, a banda mantinha uma intensa atividade de palco, com o baixista Aston Barrett e o baterista Carlton Barrett - que viria a ser assassinado em 1987 - a servirem de base a digressões internacionais bem sucedidas. Aos irmãos Barrett juntavam-se Junior Murvin (guitarra), Wya Lindo (teclas) e Seeco Patterson (percussão).
Em 1984 surgiu o primeiro registo creditado apenas aos Wailers, embora contivesse vários temas de Marley. O disco recebeu o título Reggae Greats. Em 1989, sob o epíteto de The Wailers Band, lançariam I.D., um álbum em que a banda procurava a sua identidade musical, libertando-se definitivamente da influência de Bob Marley. Essa busca de uma personalidade própria continuou nos trabalhos seguintes. Assim, Majestic Warriors (1991) e Jah Message (1996) foram etapas no caminho para um som próprio e genuíno. Em 1999, o grupo lançou um disco ao vivo, intitulado Live at Maritime Hall. Em 2002, chegou às lojas o título Dub Marley, gravação antiga dos Wailers, com versões instrumentais dos temas de Bob Marley. No ano seguinte, foram editados mais dois álbuns ao vivo.
Como referenciar: The Wailers in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-03 11:50:41]. Disponível na Internet: