Tomás Pinto Brandão

Poeta satírico nascido em 1664, no Porto, e falecido em 1743, em Lisboa. Extremamente popular, tanto pela vida boémia como pelos versos jocosos que escrevia, teve grande sucesso com as suas loas ao casamento do futuro rei D. José I. Na sua obra, existem trabalhos comparáveis aos dos jornalistas atuais, destacando-se Prática de três cabeças em três discursos (1729), Descrição da Ponte de Belém (1729), Descrição de Mafra e Função real na sagração do convento de Mafra (1730), A quatro sevandijas (1731) e O Pinto Renascido, empenado e desempenado - primeiro voo (1732).
Como referenciar: Tomás Pinto Brandão in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-18 21:19:11]. Disponível na Internet: