Tomás Ribeiro Colaço

Advogado, poeta e dramaturgo português, nascido em 1899, em Lisboa, e falecido em 1965, no Rio de Janeiro. Fundou e dirigiu em 1934 o semanário literário Fradique, cujo primeiro número preencheu com pastichos dos mais conceituados autores da época. Fixou residência no Brasil a partir de 1940. Contemporâneo da Presença, ficou conhecido como cronista radiofónico e como autor dramático, tendo os seus textos D. Sebastião e Uma Mulher... e o Mesmo Homem sido levados à cena no Teatro Nacional, respetivamente, em 1933 e 1938. É ainda no início dos anos 30 que publica o romance A Folha de Parra, uma obra onde põe em causa as estruturas narrativas tradicionais.
Como referenciar: Tomás Ribeiro Colaço in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-03-19 22:44:37]. Disponível na Internet: