trabalho

Em ciência económica, o conceito de trabalho corresponde ao esforço desenvolvido com o objetivo de se efetuar um determinado processo produtivo. Quem executa esse esforço é, naturalmente, recompensado através do seu salário.

O trabalho é um dos fatores de produção que, em economia, são usualmente tidos em conta na descrição de um qualquer processo produtivo.
Podemos considerar vários tipos de trabalho. Se atendermos ao tipo de esforço desenvolvido, o trabalho poderá ser manual (se é efetuado empregando esforço físico, como é o caso dos trabalhadores da construção civil) ou intelectual (quando a sua execução implica apenas estímulo mental - tal será o caso, entre outros, do trabalho de um professor ou de um arquiteto). Poderemos naturalmente encontrar atividades em que trabalho mental e físico coexistem. É o que acontece. por exemplo, com o trabalho médico ou de enfermagem.

Por outro lado, ele será de execução (se a atividade desenvolvida se consubstanciar na efetiva execução de uma tarefa - isto é, se for um trabalho direto), de organização (se a tarefa se traduzir na direção daqueles que efetuam trabalhos de execução - este será, pois, um trabalho indireto) ou ainda de investigação (se o trabalho for de carácter eminentemente científico).

Por fim, uma distinção bastante importante é a que separa trabalho qualificado (cujo desempenho obriga a instrução e treino específicos, sem os quais não poderá ser executado convenientemente) de não-qualificado (para o qual não é necessária preparação específica ou significativa).

A 1 de maio, comemora-se o Dia do Trabalhador.
Como referenciar: trabalho in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-29 15:03:35]. Disponível na Internet: