tragediografia

Consiste na redação de tragédias. Durante o período do Humanismo, a vontade de imitar os modelos greco-latinos levou ao estudo das tragédias de Séneca, das comédias de Plauto e Terêncio e de quase todo o teatro da Grécia e de Roma. Várias tentativas de imitação do modelo clássico foram levadas a cabo mas foi António Ferreira, com A Castro (1557), o primeiro a escrever uma tragédia nacional.
Como referenciar: tragediografia in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-01-27 21:03:01]. Disponível na Internet: