transporte ativo

O transporte ativo consiste na transferência de substâncias de uma região de baixa concentração para uma região de alta concentração, realizada por intermédio de dispêndio de energia proveniente do metabolismo. É provável que todas as células sejam capazes de realizar transporte ativo.
O transporte ativo, em contraste com o transporte passivo, exige que a célula liberte energia para deslocar as moléculas através das membranas. Nesta situação, o transporte ativo de, por exemplo, uma proteína, existente numa solução de determinada concentração, contra o gradiente de concentração do soluto existente no interior da membrana, realiza-se da solução de menor concentração para a de maior concentração e exige energia. A membrana proteica utiliza normalmente o ATP como fonte de energia para o transporte ativo.
É o que acontece no intestino, em que os alimentos digeridos passam para os capilares sanguíneos, mesmo que a sua concentração no quilo seja menor ou igual àquela que as mesmas substâncias apresentam no sangue. Do mesmo modo, certas algas marinhas concentram nas suas células substâncias com uma concentração nitidamente superior às que existem na água que as envolve (por exemplo, o iodo).
Um caso muito estudado de transporte ativo é o da bomba de sódio-potássio (bomba Na+/K+), mecanismo composto por um sistema enzimático que realiza o transporte de iões de sódio (Na+) para o exterior das células e de iões de potássio (K+) no sentido inverso, com consumo de energia (ATP).
Os iões Na+ e os iões K+ distribuem-se de forma desigual entre o meio intracelular e o meio extracelular. O K+ encontra-se mais concentrado no interior das células, enquanto que o Na+ tem maior concentração no meio extracelular. Esta desigualdade de concentrações é mantida à custa da bomba de Na+/K+, que contraria o movimento, por difusão, do K+ para o exterior da célula, onde se encontra menos concentrado, e do Na+ para o interior da célula, onde a sua concentração é inferior à do meio extracelular.
Como referenciar: transporte ativo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-02-23 16:47:17]. Disponível na Internet: