Últimas Incursões Vikings

O fenómeno histórico que se iniciou a 8 de junho de 793, com o saque da Abadia de Lindisfarne, em Northumberland, na Grã-Bretanha, e que culminou por volta de 1050, perdurou na memória do Ocidente aterrorizado. O mito viking do bruto bárbaro, erguido, de capacete com cornos, na proa do seu drakkar, é ainda hoje bem vivo. E, contudo, nós conhecemos as causas: os piratas Escandinavos atacavam locais ricos e sem defesa, abadias, colegiadas, catedrais, etc., apesar de em número não constituírem verdadeiros exércitos ou frotas capazes de enfrentarem um eventual inimigo.
A partir de 900, e porque o Ocidente se organizou para lhes fazer frente, os escandinavos renunciam às suas empresas e procuram fixar-se e estabelecer-se sob céus mais clementes, por outras palavras, colonizar: instalam-se em territórios vazios (Islândia, Gronelândia) ou, após terem encontrado um modus vivendi, nos locais que os acolhem, ou ainda porque as populações locais lhes solicitam proteção, como é o caso dos principados de Novgorod-Holmgardr e Kiev-Koenugardr, que deram à Rússia o seu estatuto de Estado e o seu próprio nome. É só em finais do período entre 990 e 1050 que vemos os soberanos dinamarqueses (Sveinn e Canuto, o Grande) tentar, para realizar um sonho de hegemonia sobre o conjunto Escandinávia-Grã-Bretanha, verdadeiras expedições militares. Os vastos reinos formados no Norte da Europa, no entanto, seriam efémeros.
Por volta de 1050, o fenómeno viking perdeu força militar e diluiu-se no imaginário medieval, deixando de ser um perigo. A primeira causa está na cristianização do Norte, que teve lugar ao longo de todo o ano 1000 e que interditava a escravatura, privando os mercadores da sua principal "mercadoria". Para além disto, os Estados escandinavos organizam-se segundo o modelo dos países mais meridionais e não toleram mais as iniciativas dos pequenos chefes.
Como referenciar: Últimas Incursões Vikings in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-06 06:23:33]. Disponível na Internet: