Valingue

Escultor moçambicano, Miguel Valingue nasceu em 1953, em Nanhagaia, Província de Cabo Delgado (Moçambique).
Em 1964, começa a sua instrução, assim como a sua atividade na luta armada, passando, então, a viver nas Zonas Libertadas, junto da Base da Beira. Em 1968, parte com os pais para a Tânzania e, um ano depois, sob a orientação do seu irmão Rafael Massude, começa a esculpir. Vive em Mtwara até 1974 e, quando surge o governo de transição, regressa à sua terra natal. Parte para Nampula, em 1979, onde se integra na Cooperativa de Escultores. Após abandonar a Cooperativa Arte Maconde, onde estivera muito pouco tempo, começa a trabalhar sozinho para sobressair o seu estilo artístico.
As suas esculturas estão representadas em diversas coleções privadas a nível nacional e estrangeiro, expôs em Maputo e Portugal e participou nas Pontes Lusófonas, em Lisboa, em 1999.
Como referenciar: Porto Editora – Valingue na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-23 09:05:00]. Disponível em