varicela

A varicela é uma doença infeciosa aguda, contagiosa, mas de evolução normalmente benigna. Esta patologia afeta sobretudo as crianças, sendo também comum nas fases iniciais da adolescência. Devido à sua fácil transmissibilidade, é vulgar a ocorrência de surtos em escolas e em outros locais de aglomeração de crianças.

O agente infecioso é um vírus, o Herpesvirus varicellae, semelhante ao vírus responsável pela zona (Herpesvirus humano 3), cuja infeção gera imunidade permanente.
A varicela caracteriza-se por uma infeção maculopapular, de evolução rápida. Após cerca de duas semanas de incubação, surgem, de um modo súbito e repentino, pequenas máculas róseas, as quais aumentam de tamanho e evoluem rapidamente (entre seis e doze horas) para vesículas arredondadas, superficiais, claras e transparentes, cujo conteúdo se turva progressivamente. A evolução segue, rapidamente, e as vesículas secam, deprimindo-se no centro e rompendo, ocorrendo a formação de uma crosta, amarelada, que cai espontaneamente ao fim de cerca de duas a três semanas, sem deixar marcas.

A distribuição do exantema, típico da varicela, ocorre de um modo centrípeto e disseminado, sendo mais abundante no tronco e zona dorsal e menos intenso nas extremidades dos membros, sendo acompanhada por prurido intenso e muita comichão. O exantema ocorre em surtos sucessivos, sendo, por isso, característico desta infeção a presença de vários estágios evolutivos das lesões cutâneas em simultâneo: máculas, vesículas, pústulas e crostas, facto que a permite distinguir de outras patologias que provocam sintomas semelhantes.

A acompanhar o início da infeção, podem também surgir outros sintomas, como cefaleias (dores de cabeça), rinorreia e fadiga, acompanhados de febre.

A evolução da infeção é espontânea, não sendo necessária a aplicação de terapias específicas destinadas a erradicar a virose, baseando-se o tratamento apenas na administração de medicamentos destinados ao alívio de alguns dos sintomas.

As lesões da pele desaparecem sem deixar marcas, ocorrendo estas quando as vesículas infetam, o que acontece em resultado de serem coçadas com unhas ou mãos sujas. As complicações são raras e excecionais, sendo mencionadas lesões cutâneas, gangrenosas ou supuradas, laringite, broncopneumonia e encefalite.


Como referenciar: Porto Editora – varicela na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-07 00:04:39]. Disponível em