vendesse ou vende-se?


«Não queria que eu vendesse a casa» ou «Não queria que eu vende-se a casa»?

A forma correta é vendesse.

Vendesse e vende-se, formas do verbo vender, pronunciam-se de forma diferente.

Vendesse é uma forma do pretérito imperfeito do conjuntivo. É uma palavra grave, ou seja, com acento tónico na penúltima sílaba (-de-). O conjuntivo é o modo usado em construções que exprimem vontade, desejo, como a do exemplo (querer que):

          Não queria que eu vendesse a casa.

Vende-se é a terceira pessoa do singular do presente do indicativo, seguido do pronome se. Vende é uma palavra grave, isto é, a sílaba tónica é a penúltima (ven-). Usa-se esta construção em frases como, por exemplo:

          Vende-se moradia bem localizada.
 

Como referenciar: Porto Editora – vendesse ou vende-se? na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-11-30 14:39:42]. Disponível em