Vila Nova de Foz Coa

Aspetos Geográficos
O concelho de Vila Nova de Foz Coa, do distrito da Guarda, fica situado no extremo norte do distrito, é limitado a norte pelo rio Douro e concelhos de Moncorvo e Carrazeda de Anciães (ambos do distrito de Bragança), a sul encontra os concelhos de Figueira de Castelo Rodrigo e Mêda e a este situa-se o concelho de S. João da Pesqueira do distrito de Viseu. Ocupa uma área de 398,2 km2 e é constituído por 17 freguesias: Amendra, Castelo Melhor, Cedovim, Chãs, Custóias, Freixo de Numão, Horta, Mós, Murça, Muxagata, Numão, Santa Comba, Santo Amaro, Sebadelhe, Seixas, Touça, Vila Nova de Foz Coa.
Em 2005, o concelho apresentava 8302 habitantes. O natural ou habitante de Vila Nova de Foz Coa denomina-se foz-coense.

História e Monumentos
O concelho de Vila Nova de Foz Coa tem como Monumentos Nacionais o Castelo de Numão e a Igreja Matriz de Foz Coa, esta com a fachada em estilo manuelino. Para além dos apontados tem também a Capela de Santa Quitéria (antiga Sinagoga), a Torre do Relógio (no local do castelo), as Capelas de S. Pedro e Santa Bárbara, a Capela de Santo António (em estilo barroco), as gravuras paleolíticas da Cavada do Inferno, de Vale de Cabrões e Vale José Esteves e da Ribeira de Petiscos, na freguesia de Muxagata, o Solar da Casa Grande (em estilo barroco), o museu de arqueologia e etnografia e a calçada romana na freguesia de Freixo de Numão.

Tradições, Lendas e Curiosidades
Realizam-se várias festas no concelho de Vila Nova de Foz Coa, como a festa popular da freguesia de Santo Amaro no dia 15 de janeiro; a festa do Anjo de S. Gabriel, na freguesia de Castelo Melhor, e de N. Sra. do Campo, na freguesia de Almendra, ambas no domingo de Páscoa; a festa de Santo António, na freguesia de Touça, no dia 13 de junho; a festa de S. Pedro, na freguesia de Freixo de Numão, a 29 de junho; e a festa de S. Martinho, na freguesia de Seixas do Douro, no dia 11 de novembro. Durante a realização da quinzena da Amendoeira em Flor, de 14 de fevereiro a 1 de março, são organizadas várias atividades, entre elas a Feira Franca.
O feriado municipal realiza-se no dia 21 de maio.

Economia
A base económica do concelho é a agricultura, sendo a cultura principal a amêndoa. O vinho é uma boa fonte de rendimento, tanto o vinho de mesa como o generoso (Vinho do Porto), assim como a produção do azeite. Outra fonte económica é o cultivo de cebolo, tomate, pimento, repolho, batata, feijão e milho e laranja. Para além da agricultura, existem no concelho algumas indústrias do setor metalomecânico e do setor de exploração de pedreiras de xisto.
Como referenciar: Vila Nova de Foz Coa in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-26 06:38:14]. Disponível na Internet: