Viperídeos

Família de répteis, da ordem dos ofídios ou escamosos, constituída por cerca de duzentas espécies. Os répteis desta família, de que fazem parte as víboras e os crotalos ou serpentes-cascaveis, possuem um veneno, cujo efeito principal é provocar hemorragias, que atua sobre o sistema vascular. Encontram-se na Ásia, América e Europa.
Os Viperídeos estão divididos em duas sub-famílias os crotalíneos e os viperíneos. Os crotalíneos, como os crotalos ou serpentes-cascaveis, apresentam duas depressões faciais na zona de escamas que separa as narinas dos olhos, contendo um órgão muito sensível às variações de temperatura, que lhes permite detetar um animal de sangue quente e lhes permite ajustar a distância de ataque. Os Viperíneos, como a víbora, não possuem depressões termosensíveis.
O aparelho venenoso dos Viperídeos é o mais perfeito de todos os ofídios venenosos. Os Viperídeos são animais ovovivíparos, de cabeça triangular e com cauda muito curta. Possuem glândulas de veneno e um aparelho inoculador que serve antes de tudo para imobilizar as presas. As sete espécies de víboras europeias são do género Vípera. O tamanho das víboras não ultrapassa em geral os dois metros, como ocorre com a víbora do gabão, enquanto os Crotalos ou Cascavéis atingem os dois metros e vinte centímetros. Alimentam-se de artrópodes, lagartos, rãs, sapos, pequenos mamíferos, etc.
Como referenciar: Viperídeos in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-12-02 06:48:19]. Disponível na Internet: