Vogue

A revista Vogue, dedicada essencialmente ao tema moda, foi lançada a 17 de dezembro de 1892, nos Estados Unidos da América, e, desde então, tornou-se numa das publicações mais famosas e vendidas no mundo. Aquando do seu lançamento, a Vogue era uma revista semanal destinada às mulheres, onde predominavam os temas sobre sociedade e moda, ilustrados com desenhos. No primeiro número, foi publicado um artigo que falava da moda em Paris (o centro do mundo no que respeitava às novidades do vestuário feminino) e ainda um outro sobre os gorilas, os chimpanzés e os homens. Em 1909, a revista foi adquirida pelo grupo editor Condé Nast, proprietário da Vanity Fair, GQ, entre outras publicações, e sofreu uma profunda remodelação. Uma das novidades imediatas foi permitir aos leitores fazer compras por correspondência, um método inovador para a época. Nesse mesmo ano, apareceu pela primeira vez uma fotografia na capa, a preto e branco, e surgiram números especiais dedicados a um tema específico. No ano seguinte, a publicação passou a ter uma periodicidade quinzenal e a nível de conteúdo foram introduzidas diversas melhorias, deixando de ser uma pequena e simples revista semanal. O leque de secções alargou-se substancialmente e ao longo dos anos seguintes passou a incluir, para além da moda e sociedade, temas relacionados com arte, costumes, literatura, belas artes, música, teatro, etc. Apesar de tudo, apenas raramente surgiam ilustrações coloridas. Ainda em 1910 foi publicada, pela primeira vez, uma entrevista a um costureiro, classe que só nesta época começou a ganhar notoriedade pelo seu trabalho na confeção de roupas. O escolhido foi Paul Poirete. Em 1913 foi editado pela primeira vez um número específico dedicado a lingerie.
A expansão da Vogue verificou-se também a nível geográfico já que, depois da passagem do título para as mãos da Condé Nast, começaram a surgir versões da revista noutros países. A primeira surgiu na Grã-Bretanha, em 1916, seguindo-se a França e a Austrália. Em 1918, nasceu a versão espanhola, mas teve uma curta duração, já que deixou de ser publicada em 1920. A edição alemã só durou uns meses durante o ano de 1928.
Entretanto, em 1920, a edição norte-americana da Vogue organizou a primeira sessão de fotografia feita exclusivamente para publicação numa revista, tendo para isso contratado um grupo de manequins parisienses. Durante esta década, os fotógrafos passaram a ganhar um papel muito importante no mundo da moda e começaram a partilhar com os ilustradores a tarefa de embelezar as páginas das revistas. Atualmente, para além das edições em papel, a Vogue é bastante difundida via Internet e conta com versões para países como os Estados Unidos da América, Inglaterra, França, Alemanha, Espanha, Austrália, Japão, Coreia do Sul e Taiwan. Em outubro de 2002, foi lançada a versão portuguesa da revista.
Como referenciar: Vogue in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-12-01 12:08:47]. Disponível na Internet: