Walter Gropius

Arquiteto alemão nascido a 18 de maio de 1883, em Berlim. Estudou arquitetura em Munique e Berlim. Antes da Primeira Guerra Mundial fez alguns projetos de edifícios e, a convite de entidades oficiais da cidade de Weimar, abriu a escola Bauhaus em 1919. Através desta escola veiculou as suas ideias sobre design. A teoria mais significativa era a de que qualquer projeto de design deveria ser estudado tendo em vista a funcionalidade do objeto (que tanto poderia ser um edifício como uma peça de roupa), as suas necessidades, e levando em consideração todas as técnicas modernas e todos os materiais de construção. Para obter esse resultado, o primeiro passo seria o de colocar de lado todas as formas pré-estabelecidas e estilos já existentes. Convidou os melhores artistas e arquitetos da época para integrarem o corpo docente da escola. Entre eles encontravam-se Paul Klee, Lyonel Feininger, Wassily Kandinsky, László Moholy-Nagy, Marcel Breuer e Josef Albers. Gropius deixou a escola em 1928. Exilou-se em Inglaterra e depois nos Estados Unidos aquando da ascensão do regime nazi, que dissolvera a Bauhaus em 1933. Tornou-se professor da Universidade de Harvard, introduzindo o espírito Bauhaus no ensino da arquitetura, o que veio a marcar as novas gerações de arquitetos e designers americanos. A par do ensino, envolveu-se em projetos de parceria com Marcel Breuer e formou uma associação de arquitetos em 1946, continuando a trabalhar ativamente até 1969, o ano da sua morte.
Como referenciar: Walter Gropius in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-14 00:48:54]. Disponível na Internet: