William Bowman

Histologista e cirurgião inglês, nasceu a 20 de julho de 1816, em Nantwich, e faleceu a 29 de março de 1892, em Surrey. Ficou conhecido em Inglaterra como o "pai da anatomia histológica e da cirurgia oftálmica". Convidado a trabalhar no King's College Hospital, em Londres, iniciou uma série de investigações juntamente com o seu professor, Robert Todd, sobre a função e a estrutura de vários tipos de tecidos e órgãos. Estudou profundamente a função e a estrutura do olho, do músculo estriado e das membranas basais. Uma das suas descobertas mais importantes foi sobre o aparelho urinário: em 1842, apresentou a sua teoria sobre a produção de urina, na qual mostrava a importância da filtração ocorrida a nível dos capilares, constituintes do glomérulo de Malpighi, assim como a do respetivo revestimento - mais tarde designado por cápsula de Bowman -, princípios fundamentais para a compreensão da função renal.
As suas investigações, em colaboração estreita com Robert Todd, resultaram em The Physiological Anatomy and Physiology of Man (1845-1856), um trabalho pioneiro nas áreas da Fisiologia e da Histologia, editado em cinco volumes.
Lecionou no King's College, em Londres (1848-1855) e, graças ao trabalho desenvolvido e ao mérito conquistado na comunidade científica de então, foi Membro do Royal College of Surgeons e da Royal Society. Em 1884, foi agraciado com o título de Sir.
Como referenciar: William Bowman in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-18 04:36:15]. Disponível na Internet: