William H. Macy

Ator norte-americano, William Hall Macy Jr. nasceu a 13 de março de 1950, em Miami. Entrou para a Universidade Bethany, em West Virgínia, para estudar medicina veterinária. Mais tarde optou por mudar-se para a Universidade Goddard para estudar representação, onde se envolveu no teatro e onde acabou por conhecer o dramaturgo David Mamet. Formou-se em 1971, altura em que se mudou para Chicago e trabalhou como empregado de mesa. Um ano mais tarde, juntamente com Mamet e outros artistas, fundou a Companhia de Teatro St. Nicholas. Nessa companhia, entrou em diversas peças de David Mamet, nomeadamente American Buffalo e The Water Engine.
Em 1980, mudou-se para Nova Iorque e entrou em várias peças representadas na Broadway. Estreou-se no cinema pouco tempo depois, ainda em 1980, com um pequeno papel no filme Somewhere in Time, realizado por Jeannot Szwarc e protagonizado por Christopher Reeve. Participou depois em diversos filmes para televisão e, em 1987, entrou no filme de Woody Allen Radio Days (Os Dias da Rádio), com quem voltou a trabalhar em 1992 em Shadows and Fog (Sombras e Nevoeiro).
Na televisão, recebeu algumas nomeações para o Emmy de Melhor Ator Secundário pelo seu trabalho como Dr. David Morgenstern na série de sucesso ER (Serviço de Urgência, 1994), papel que interpretou durante quatro anos. Em 1994, contracenou com Susan Sarandon e Tommy Lee Jones no thriller The Client (O Cliente), de Joel Schumacher, mas foi ao protagonizar Fargo (1996), dos irmãos Coen, pelo qual foi nomeado para o Óscar de Melhor Ator Secundário, que se tornou reconhecido pelo grande público.
Ao longo da sua carreira participou em diversos filmes realizados por David Mamet, como é o caso de House of Games (Jogo Fatal, 1987), Things Change (As Coisas Mudam, 1988), Homicide (Brigada de Homicídios, 1991), Oleanna (1994), State and Main (2000) e Spartan (O Rapto, 2004).
Destaque ainda para o seu trabalho em filmes como Ghosts of Mississipi (Fantasmas do Passado, 1996), realizado por Rob Reiner; Wag the Dog (Manobras na Casa Branca, 1997), de Barry Levinson; Boogie Nights (Jogos de Prazer, 1997), de Paul Thomas Anderson, com quem voltou a trabalhar em Magnolia (1999); na comédia fantástica Pleasantville (Viagem ao Passado, 1998) e a brilhante interpretação do papel de locutor de corridas de cavalos em Seabiscuit (Nascido para Ganhar, 2003), ambos realizados por Gary Ross.
Ganhou dois Emmys: para Melhor Ator e Melhor Argumento pelo drama televisivo baseado na história verídica de Bill Porter, um vendedor porta a porta com paralisia cerebral em Door to Door (2002).
Ainda em 2003, participou em The Cooler (Má Sorte), onde interpretou o papel de um perdedor inveterado de jogos de casino. Seguiram-se o thriller Cellular (Ligação de Alto Risco, 2004) e o filme de aventuras Sahara (2005).
William Hall Macy casou, em 1997, com Felicity Huffman, atriz particularmente conhecida, quer pelo seu papel na série televisiva Donas de Casa Desesperadas quer por ter ganho o Óscar para Melhor Atriz pelo seu desempenho no filme Transamerica (2005).
Como referenciar: William H. Macy in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 19:11:14]. Disponível na Internet: