William Peter Blatty

Escritor norte-americano, William Peter Blatty nasceu a 7 de janeiro de 1828, na cidade de Nova Iorque. Oriundo de uma família libanesa, o pai abandonou o lar quando Blatty contava seis anos de idade, pelo que acabou por viver, na companhia da mãe, em vinte e oito moradas diferentes.
Profundamente religiosa, a mãe exerceu uma influência determinante no curso da sua vida. Frequentou uma escola primária e secundária católicas e a Universidade de Georgetown, também ela de vocação católica, de onde obteve um bacharelato.
Prosseguiu depois os seus estudos de Literatura Inglesa na Universidade de George Washington. Após a licenciatura, Blatty entrou na Força Aérea norte-americana em 1951, e esteve estacionado em Beirute, no Líbano. Foi durante este período que começou a escrever, publicando os seus artigos em revistas como The Saturday Evening Post. De regresso aos Estados Unidos, trabalhou como diretor de publicidade na Universidade da Califórnia do Sul. Estreou-se como romancista em 1959, com Which Way To Mecca, Jack? e, quatro anos depois, escreveu o argumento de uma comédia de Danny Kaye The Man From The Diner's Club, tornando-se rapidamente um dos mais importantes argumentistas do género em Hollywood.
Sem possibilidades de encontrar trabalho como argumentista, numa fase difícil em 1969, alugou uma cabana na floresta, perto do lago Tahoe, e começou a escrever The Exorcist (1971, O Exorcista), obra que, adaptada para o cinema em 1973, rapidamente se assumiu como um clássico do terror. A película teve duas continuações, The Exorcist II: The Heretic (1977), escrita por William Goodhart e que se revelou um fracasso de bilheteira, e The Exorcist III (1990), escrito pelo próprio Blatty. Como segundo romance da série, o autor havia publicado Legion em 1983.
O autor foi galardoado com vários prémios, entre os quais se contam dois Golden Globe Awards (1973,1980) e um prémio da Academy Of Fantasy, Science Fiction and Horror.
Como referenciar: William Peter Blatty in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-12 07:30:28]. Disponível na Internet: