D. João de Castro

Fidalgo da casa do rei D. Manuel I, D. João de Castro nasceu no ano de 1500 e morreu em 1548.
Estudou Letras, por vontade do pai, mas preferiu depois enveredar pela carreira militar. Em 1535, acompanhou a expedição de Carlos V destinada à conquista de Tunes. Em 1538, partiu para a Índia na armada do vice-rei D. Garcia de Noronha. Nesta viagem escreveu o primeiro dos seus três célebres roteiros.
O primeiro roteiro evidencia os invulgares conhecimentos cosmográficos do autor. O segundo roteiro da costa da Índia foi elaborado na expedição feita pelo vice-rei a Diu. O último foi elaborado em 1541, na viagem do governador D. Estêvão da Gama, de Goa a Suez. A obra de D. João de Castro encerra descrições pormenorizadas das terras por onde viajou. Pela sua precisão, os roteiros tornaram-se o melhor guia da época para a navegação no Mar Vermelho.
Em recompensa dos seus serviços, D. João de Castro recebeu do monarca altas honras. A maior de todas consistiu em nomeá-lo para o cargo de vice-rei da Índia. Porém, desempenhou a função por muito pouco tempo, pois faleceu três semanas depois da nomeação.
Como referenciar: Porto Editora – D. João de Castro na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-06-21 05:57:56]. Disponível em