Diogo de Mendonça Corte Real

Diplomata e estadista português, nascido em Tavira em 1658, Diogo de Mendonça Corte Real foi ministro dos reis D. Pedro II e D. João V.
Estudou na Universidade de Coimbra, onde obteve doutoramento em Cânones, sendo mais tarde nomeado corregedor da Câmara do Porto.
Em 1691, foi enviado extraordinário à Holanda, com a missão de protestar contra o ataque dos holandeses aos barcos portugueses, conseguindo uma indemnização de 80 000 patacas para Portugal. Da Holanda transitou para a corte espanhola, também como enviado extraordinário. Quando Portugal entrou na Guerra da Sucessão de Espanha, teve a seu cargo, por mandato de D. Pedro II, a administração das operações armadas. Viria a participar também nas negociações conducentes à assinatura do Tratado de Utreque, que poria fim àquele conflito.
Em 1707, D. João V nomeou-o secretário de estado, cargo que desempenhou até à sua morte em 1736.
Como referenciar: Diogo de Mendonça Corte Real in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-23 03:30:18]. Disponível na Internet: