Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

A Canção de Girard de Vienne

A Canção de Girard de Viena (Girart de Vienne), composição em verso, da autoria de Bertrand de Bar-sur-Aube (no início do século XIII) pertence ao Ciclo de Doon de Magúncia (ou dos Barões Revoltados) e ao Ciclo do Rei, integrados n'As Canções de Gesta que marcam a literatura épica medieval francesa. O Ciclo do Rei aborda as façanhas de Carlos Magno, imperador franco do século VIII, e o Ciclo de Doon de Magúncia tem como tema principal a revolta de um grupo de heróis contra a ordem estabelecida (quer a do rei, quer a do senhor feudal).
A Canção de Girard de Viena conta a história da revolta de um vassalo, Girard de Viena, contra o seu senhor, Carlos Magno. Girard de Viena está cercado na sua cidade (Viena) pelo imperador, num conflito que não se afigura de fácil solução, dado o braço de ferro entre as duas partes. A saída é encontrada através de um combate entre dois campeões, no qual se pode decidir a contenda. Rolando é o guerreiro que defende os direitos de Carlos Magno, enquanto Oliviério representa Girard de Viena.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – A Canção de Girard de Vienne na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-20 00:54:16]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros