Livros e Autores

Weyward

Emilia Hart

O perigo de estar no meu perfeito juízo

Rosa Montero

Os segredos de Juvenal Papisco

Bruno Paixão

Bom português

gratuito ou gratuíto?

ver mais

isenção ou insenção?

ver mais

precariedade ou precaridade?

ver mais

moinho ou moínho?

ver mais

verosímil ou verosímel?

ver mais

convalescença ou convalescência?

ver mais

incerto ou inserto?

ver mais

bolos-reis ou bolos-rei?

ver mais

< voltar
< 1 min

Amanhã

Terceiro romance, publicado em 1902, do políptico que Abel Botelho designou Patologia Social, é porventura, de todos esses cinco romances animados pela descrição da decadência moral da sociedade portuguesa, o mais convencional, abordando, como tema central, a miséria geral que pairava no país.
Abel Botelho, por António Ramalho. Museu Nacional de Arte Contemporânea, Lisboa
Retrato de Abel Botelho, autor de "Amanhã"
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Amanhã na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2023-06-06 04:00:41]. Disponível em
Livros e Autores

Weyward

Emilia Hart

O perigo de estar no meu perfeito juízo

Rosa Montero

Os segredos de Juvenal Papisco

Bruno Paixão

Bom português

gratuito ou gratuíto?

ver mais

isenção ou insenção?

ver mais

precariedade ou precaridade?

ver mais

moinho ou moínho?

ver mais

verosímil ou verosímel?

ver mais

convalescença ou convalescência?

ver mais

incerto ou inserto?

ver mais

bolos-reis ou bolos-rei?

ver mais