Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Annie

Filme familiar musical norte-americano realizado em 1982 por John Huston, Annie foi interpretado por Albert Finney, Carol Burnett, Aileen Quinn, Ann Reinking, Bernadette Peters e Tim Curry, entre outros. O argumento foi escrito por Carol Sobieski, adaptando o famoso musical da Broadway da autoria de Martin Chamin, que por sua vez se baseou numa banda desenhada da autoria de Thomas Meehan (Little Orphan Annie).
Durante a Grande Depressão (anos 30), em Nova Iorque, a ruiva Annie (Aileen Quinn) é uma espécie de voz de esperança para os seus companheiros de orfanato, dirigido pela frequentemente embriagada Miss Hannigan (Carol Burnett). Annie vive convencida de que os seus pais a deixaram no orfanato com metade de um medalhão, prometendo voltar mais tarde com a outra metade. Um dia, o orfanato recebe a visita de Grace Farrell (Ann Reinking), secretária de um político milionário (Oliver Warbucks) que pretende uma criança para viver com ele durante uma semana por questões de imagem. Apesar da oposição de Miss Hannigan, Grace escolhe Annie porque sabe que ela é especial. O senhor Warbucks também protesta, pois preferia um rapaz, mas com o passar do tempo acaba por ser conquistado pela adorável órfã, que decide adotar. Annie conquista também os corações de outros políticos, indo ao ponto de se deslocar a Washington para cantar a sua música de esperança, "Tomorrow", ao presidente Roosevelt. Warbucks e Grace decidem promover uma procura pública dos verdadeiros pais de Annie, o que se torna uma grande oportunidade para Miss Hannigan, Lily (Bernadette Peters) e Rooster (Tim Curry) tentarem baixos estratagemas para obterem uma recompensa.
Musical e comédia familiar, Annie está repleto de músicas inesquecíveis e espetaculares sequências de dança, tudo num tom leve, alegre e sentimental, bem ao agrado das audiências familiares que o colocaram num patamar de clássico do género.
Teve uma sequela em 1995 (Annie: A Royal Adventure, realizado por Ian Toynton) e foi alvo de um remake para a televisão realizado em 1999 por Rob Marshall.
Obteve duas nomeações para os Óscares (Melhor Direção Artística e Melhor Banda Sonora) e três para os Globos de Ouro (Melhor Atriz em Musical ou Comédia - Carol Burnett e Aileen Quinn - e Nova Estrela do Ano - Aileen Quinn).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Annie na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-19 11:20:57]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais