Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

António José Maldonado

Poeta português nascido em 1924, em Bragança. Após ter terminado os seus estudos secundários, ingressou na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, de onde se licenciou em Ciências Histórico-Filosóficas.
Deu então início a uma carreira docente, lecionando em escolas secundárias situadas em vários pontos do país, como por exemplo, Faro, Lisboa e a sua Bragança natal. Chegou também a ocupar o cargo de reitor em instituições de ensino em cidades da Angola colonial, como Lobito e Carmona.
Em 1951 fundou, em parceria com Jorge Nemésio, Fernando Guimarães e José Manuel Ferrão, a revista Eros. Estreou-se como poeta nesta publicação, que foi mantida até 1958, e na qual figuravam também ensaios.
Publicou o seu primeiro livro em 1960, uma coletânea de poemas intitulada Futuros ou Não. Com um intervalo de mais de duas décadas, seguiu-se Limite Cultivado (1984).
António José Maldonado foi inserido pela crítica na chamada "Geração de 50", que se tornou célebre pelo seu inconformismo e revolta contra o regime salazarista. De entre os seus poemas destacam-se particularmente "Êxodo", "Dies Irae" e "Os Fundadores de Cidades".
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – António José Maldonado na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-29 12:48:57]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais