Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Bom português

puder ou poder?

ver mais

trás ou traz?

ver mais

impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Assur

Também denominado Anshar (na mitologia babilónica) e Ashur, era o deus nacional da Assíria, dando o seu nome à mesma cidade. O seu nome tem o significado de o benevolente, sendo contudo um deus guerreiro, casado com Ishtar.
Na cidade de Assur tinha-se erigido o santuário deste deus, chamado Esharra ou Casa de omnipotência.
Quando a Babilónia cedeu o lugar em importância a Nínive, cidade assíria, este deus tornou-se consequentemente o mais importante e o criador do Universo e de todos os outros deuses, como se tinha vindo a observar ao longo dos tempos nas sucessivas supremacias políticas de diferentes cidades, que elevavam consigo as divindades veneradas no local.
As suas representações são vulgarmente a de deus da fertilidade - figurando rodeado de ramos e com uma cabra - e a de um círculo com asas. Pode aparecer a voar o montado num touro dotado de asas.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Assur na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-11-28 11:05:48]. Disponível em
Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Bom português

puder ou poder?

ver mais

trás ou traz?

ver mais

impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais