Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

atributo

Na gramática tradicional, trata-se da função sintática atribuída a um adjetivo (exemplo i, ii), a uma frase relativa (exemplo ii) ou a um sintagma preposicional equivalente a um adjetivo (exemplo iii) que exprime uma qualidade do substantivo que acompanha:
i) Conheci uma romancista muito interessante [atributo de "romancista"].
ii) Costumava observar o céu, em noites estreladas e quentes [atributo de "noites"].
iii) A viagem que iniciaste [ = "iniciada"; atributo de "viagem"] ontem ainda não terminou.
iv) São ações sem cuidado [ = "descuidadas"; atributo de "ações"].
A TLEBS não contempla a função sintática de atributo. Sem existir uma total correspondência de termos, o atributo é substituído por duas funções sintáticas: o complemento adjetival do nome e o modificador do nome restritivo de tipo adjetival. A TLEBS sublinha o facto de, não apenas os verbos, mas também os nomes selecionarem expressões, tais como modificador adjetivais do nome e complementos do nome. Esta novidade da TLEBS demonstra que não são apenas os verbos que selecionam complementos, mas também os nomes.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – atributo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-13 18:58:48]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros