Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Auto da Mofina Mendes (ou Mistérios da Virgem)

Auto de Gil Vicente representado ao rei D. João III.
Personagens: Frade, a Virgem, o Menino Jesus, a Pobreza, a Humildade, a Fé e a Prudência (damas de honor da Virgem), Anjo Gabriel, Mofina Mendes, Paio Vaz e André (pastores).
Argumento: O auto inicia-se com o sermão do Frade. Este sermão cómico, num latim "macarrónico", apresenta o tema do auto e as personagens. Seguidamente é representada a Anunciação: a Virgem, cercada pelas suas damas de honor (Pobreza, Humildade, Fé e Prudência), recebe a visita do Anjo Gabriel que anuncia a sua gravidez.
Entre a Anunciação e o nascimento de Jesus surge a história pastoril de Mofina Mendes. Mofina, cujo nome significa "infelicidade", perde os animais que devia ter guardado. Mesmo assim, o pastor paga-lhe com um pote de azeite que Mofina Mendes acaba por deixar cair e partir. O pote quebrado funciona como um símbolo. Afinal, todos temos o nosso pote de azeite «que há de dar consigo em terra».
O auto termina com o nascimento e a adoração ao Menino Jesus no Presépio.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Auto da Mofina Mendes (ou Mistérios da Virgem) na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-04 12:59:59]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais