Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Barragem da Paradela

A barragem da Paradela situa-se no distrito de Vila Real, no concelho de Montalegre. Entrou em funcionamento em 1956 e é alimentada pelo curso de água do rio Cávado.
A Paradela é uma barragem de enrocamento e mede 112 metros de altura.
Pertence à bacia hidrográfica principal do Cávado e possui uma bacia hidrográfica própria de 117,86 km2.
A sua albufeira tem uma capacidade total de armazenamento de água de 164 390 x 103 m3 e uma capacidade útil de 158 170 x 103 m3, e apresenta uma superfície inundável ao NPA (Nível Pleno de Armazenamento) de 380 hectares.
As cotas de água na albufeira são: NPA (Nível Pleno de Armazenamento) de 740,00 metros, NMC (Nível Máximo de Cheia) de 741,6 metros e NmE (Nível Mínimo de Exploração) de 668,00 metros. A capacidade do descarregador é de 2180 m3/s e o escoamento médio anual é de 269 hm3.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Barragem da Paradela na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-19 12:42:53]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais