Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Barragem de Vilarinho das Furnas

A Barragem de Vilarinho das Furnas, inaugurada a 21 de maio de 1972, está situada em São João do Campo, Terras de Bouro, no distrito de Braga, e faz parte da bacia hidrográfica do rio Cávado. Alimentada pelo rio Homem, tem uma altura de 94 metros, 385 metros de coroamento e é do tipo arco, e destina-se à produção de energia.
A capacidade máxima de descarga desta barragem é de 280 m3 por segundo.
A albufeira de Vilarinho das Furnas tem uma capacidade de cerca de 118 hm3 e fica numa área de cerca de 346 hectares.
Ruínas da aldeia submersa de Vilarinho das Furnas
Vestígios da povoação de Vilarinho das Furnas, no sopé da serra Amarela, na margem do rio Homem
Barragem de Vilarinho das Furnas
Esta barragem tornou-se conhecida, principalmente, porque a sua construção obrigou ao desaparecimento da povoação comunitária de Vilarinho das Furnas. Nos anos de maior seca, quando se esvazia a albufeira, é possível visitar as ruínas da aldeia submersa, cuja memória ficou perpetuada através do Museu Etnográfico de Vilarinho das Furnas.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Barragem de Vilarinho das Furnas na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-17 07:53:07]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais