Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Beleza Americana

Drama assinado pelo realizador Sam Mendes, em 1999, sob o título American Beauty, e interpretado por Kevin Spacey, Annette Bening, Mena Suvari e Thora Birch. Constituiu o primeiro filme deste realizador, mas tal não impediu a afirmação do filme no panorama cinematográfico internacional. A história assenta na personagem de Lester Burnham (Kevin Spacey), um homem a atravessar uma crise de meia-idade, com frustrações a nível profissional e sexual. É casado com Carolyn (Annette Bening), uma agente imobiliária, e ambos têm uma filha adolescente: Jane (Thora Birch). Durante a performance de um grupo de cheer-leaders, no intervalo de um jogo de basquetebol colegial, Lester sente-se imediatamente atraído por Angela (Mena Suvari), a ponto de ficar completamente obcecado por ela. Decide então dar uma completa reviravolta à sua vida: despede-se do seu emprego, arranja outro trabalho como empregado de uma cadeia de fast food e pratica musculação, a fim de impressionar Angela, que se gabava de manter uma vida promíscua. Por outro lado, Carolyn resolve cometer adultério com o seu patrão e é apanhada em flagrante pelo marido. A filha de ambos apaixona-se por Ricky (Wes Bentley), um vizinho que ganha a vida como dealer ocultando esse facto do seu pai Frank Fitts (Chris Cooper), um coronel do Exército extremamente conservador. Numa sucessão de enganos, Frank julga que o seu filho mantém uma relação homossexual com Lester. O filme foi premiado com cinco Óscares, nas categorias de Melhor Filme, Realizador, Ator (Spacey), Fotografia e Argumento Original. Este, da autoria de Alan Ball e cujos direitos cinematográficos foram adquiridos por Steven Spielberg, esteve metido na gaveta durante muito tempo, devido à delicadeza da sua temática. O filme é uma crítica violenta à moral e aos costumes, colocando as suas personagens a usar máscaras que escondem as verdadeiras personalidades: Angela, apresentada como ninfomaníaca e leviana, confessa a sua virgindade no momento em que é seduzida por Lester; o Coronel Fitts esconde o seu lado homossexual debaixo da sua austeridade e radicalismo; Carolyn ama o seu marido mas engana-o para ascender profissionalmente. É de realçar o excelente desempenho interpretativo dos atores, numa obra que, apesar do desfecho trágico, consegue transmitir uma mensagem de esperança e de amor pelas coisas simples que a vida oferece.
Cartaz de "American Beauty" (Beleza Americana), um filme realizado por Sam Mendes, em 1999, no qual participam, entre outros, Annette Bening e Kevin Spacey
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Beleza Americana na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-04 07:33:54]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais