Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Blade Runner

Clássico filme de ficção científica realizado em 1982 por Ridley Scott e protagonizado por Harrison Ford, Rutger Hauer e Sean Young. Blade Runner (Perigo Iminente) tornou-se um dos grandes filmes de culto, muito devido a toda a atmosfera cyberpunk em que se desenrola a ação, numa Los Angeles do ano 2019. Ford desempenha o papel de Rick Dickard, um "Blade Runner", polícia cujo objetivo é caçar e destruir replicants - máquinas com aspeto humano que se tinham tornado ilegais depois de se terem amotinado e massacrado uma colónia humana. Depois de um período de inatividade, Dickard regressa ao serviço para combater o líder destas máquinas, Roy Batty (Rutger Hauer), que prepara um assalto à Tyrell Corporation, os fabricantes dos replicants, no sentido de os obrigar a prolongar a esperança de vida destes humanos artificiais (que se limitava a quatro anos). Sean Young personifica Rachel, uma humanoide por quem Rick se apaixonará. O filme de Ridley Scott foge a uma tradição de filmes de ficção científica de cariz otimista, como Star Wars (A Guerra das Estrelas, 1977), apresentando um ambiente futurista degradado, dominado por uma metrópole sombria e pós-apocalíptica em que as máquinas lutam para ocupar o seu espaço. O filme conheceu um impressionante movimento de culto, tornando-se fonte de inspiração para numerosos livros de B.D. Em 1993, o realizador lançou uma nova versão a que deu o título de Blade Runner: Diretor´s Cut, com novas cenas e um final diferente.
Cartaz de "Blade Runner", um filme de Ridley Scott, de 1982, no qual participaram Harrison Ford e Sean Young, entre outros
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Blade Runner na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-04 00:18:41]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais