Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Boticas

Aspetos Geográficos
O concelho de Boticas, do distrito de Vila Real, situa-se na Região Norte (NUTII) e no Alto Trás os Montes (NUTIII). Localiza-se numa área fértil cercada de montes e cerros da serra de Alturas. Os rios Tâmega, Beça, Terva e Covas atravessam o concelho, que faz parte da famosa Terra do Barroso. É limitado a sul pelos concelhos de Vila Pouca de Aguiar e Ribeira de Pena, a nascente pelo concelho de Chaves, a poente pelos concelhos de Montalegre e Cabeceiras de Basto, e a norte também pelo concelho de Montalegre.
O concelho de Boticas ocupa uma área de 322 km2, na qual se distribuem 16 freguesias: Alturas do Barroso, Ardãos, Beça, Bobadela, Boticas, Cerdedo, Codeçoso, Covas do Barroso, Curros, Dornelas, Fiães do Tâmega, Granja, Pinho, S. Salvador de Viveiro, Sapiãos e Vilar.
Brasão do concelho de Boticas
Em 2005, o concelho apresentava 6181 habitantes.
O natural ou habitante de Boticas denomina-se botiquense.
Boticas situa-se numa superfície planáltica, onde é possível encontrar vários tipos de paisagem, que vão desde os verdes vales cobertos por prados de lameiro até à alta montanha granítica pobre em vegetação mas rica em grandes penedias. Também encontramos aqui grandes áreas de bosque onde o carvalho é a espécie dominante.
História e Monumentos
O concelho foi criado em 1836.
Do seu importante património arquitetónico destacam-se a Igreja Paroquial Santa Maria Madalena (séc. XVII), a Capela de Santo António (séc. XVI), o Castro de Carvalhelhos, a Ponte Medieval da Pedrinha, a Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe (séc. XVII), o Pelourinho de Dornelas (séc. XV), o Convento da Granja (séc. XVIII), o Santuário do Senhor do Monte (séc. XIX), a Igreja Românica de Sapiãos (sécs. XIII e XIV) e a Capela de São Lourenço (séc. XVIII).
Tradições, Lendas e Curiosidades
Realizam-se algumas festas, como a de S. Salvador do Mundo (segundo domingo de agosto), a do Senhor da Serra (8 de setembro), a de Nossa Senhora da Assunção (15 de agosto), a de Nossa Senhora da Livramento (terceiro sábado de agosto), a de Nossa Senhora da Saúde (primeiro domingo de junho), a de Nossa Senhora das Neves (último domingo de agosto), a de Nossa Senhora do Monte (último domingo de julho), a de Nosso Senhor dos Milagres (6 de setembro), a de São Bartolomeu (29 de agosto) e a de São Brás (3 de fevereiro). O feriado municipal tem lugar no dia 6 de novembro.
Em relação a usos e tradições, algumas aldeias ainda utilizam as lamas e os baldios para alimentar o gado e as crias, o boi do povo, para cobrição e para chegas, a vezeira, as famosas capas barrosãs e o forno do povo para cozer o pão.
No artesanato ainda se fabricam acessórios de uso pessoal ou caseiro, como as colchas e as toalhas de linho, as croças, os socos de pau de vidoeiro e as capas de burel.
Economia
Uma das principais fontes de riqueza é o comércio de gado bovino da tradicional raça Barrosã, gado caprino e lanígero. Outra atividade muito importante é o turismo, ligado à estância de águas minerais de Carvalhelhos, conhecida localmente por Caldas Santas. Destaca-se igualmente o turismo rural de habitação associado à pesca e à caça.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Boticas na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-28 08:53:06]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros