Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Brigitte Bardot

Atriz francesa nascida em 1934, em Paris. Filha dum rico industrial, estudou ballet durante a sua infância. Com apenas 15 anos, foi convidada para ser manequim e, em 1950, a revista Elle já a colocava na sua capa. Em 1952, casou-se com o realizador Roger Vadim com quem manteria um casamento muito mediático. A sua beleza não passou despercebida aos produtores cinematográficos franceses e, em 1952, fez a sua estreia no filme Le Trou Normand (1952) de Jean Boyer. Gradualmente, tornou-se num dos maiores símbolos sexuais gauleses, muito devido ao sucesso de filmes que exploraram a sua imagem física: Le Portrait de Son Père (1953), Un Acte D'Amour (1953) e Tradita (1954). Protagonizou, ao lado de Dirk Bogarde, a comédia britânica Doctor at Sea (Uma Garota a Bordo, 1954), antes de surgir no elenco do épico de Hollywood Helen of Troy (Helena de Troia, 1956). Impressionados pelo seu sex-appeal, os produtores da Warner ofereceram-lhe um contrato de sete anos, que Bardot recusaria. Foi o seu marido quem lhe deu a oportunidade de se tornar uma estrela à escala mundial, filmando-a admiravelmente em Et Dieu ...Créa la Femme (E Deus Criou a Mulher, 1956). Este melodrama com uma leve atmosfera erótica fez de Bardot o objeto de desejo de muitos homens e projetou a carreira internacional dos seus co-protagonistas, o alemão Curt Jurgens e o francês Jean-Louis Trintignant. Apesar do sucesso, Bardot mostrou-se pouco inclinada a aceitar prosseguir a sua carreira em Hollywood, continuando a filmar em França. Os êxitos sucederam-se: Une Parisienne (1957), La Femme et le Pantin (1959), ao lado do ator português António Vilar, e Vie Privée (Vida Privada, 1961), de Louis Malle. Após o fracasso de Le Mépris (O Desprezo, 1963), de Jean-Luc Godard, a estrela de Bardot empalideceu um pouco. Continuaria a filmar até 1973, ano em que se despediu do cinema com L'Histoire Très Bonne et Très Joyeuse de Colinot Trousse-Chemise (1973). Desde então, retirou-se iniciando paralelamente uma luta ativa a favor dos direitos dos animais.
Fotografia de Brigitte Bardot por Richard Avedon, 1959
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Brigitte Bardot na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-16 10:16:43]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais