Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Bruges

Cidade do Nordeste da Bélgica, capital da província da Flandres Ocidental, localizada próximo do porto de Ostende. Possui uma população de 117  500 habitantes (2004).
A cidade medieval era fortificada, pois fora protegida, no século IX, por ordem dos condes da Flandres. Nesse tempo, Bruges estava ligada ao mar pelo rio Zwyn, e durante os quatro séculos seguintes a importância do seu porto não parou de crescer. Bruges desenvolveu-se nos séculos XIII e XIV como centro de comércio da lã. Por volta de 1340, Bruges tornou-se um membro da Liga Hanseática, numa época em que era um dos mais proeminentes centros têxteis do mundo.
A partir do século XV entrou em declínio quando os canais que a ligavam ao mar do Norte ficaram assoreados, o que arrastou consigo a decadência das indústrias têxteis, dependentes do sistema de moinhos hidráulicos, e o colapso das guildas.
O centro histórico de Bruges é, desde 2000, Património da Humanidade
"Retrato de Homem Jovem a Orar", óleo sobre tela de Hans Memling, c. 1485, pintor flamengo que viveu grande parte da sua vida em Bruges
Esta cidade nunca mais recuperou o seu protagonismo como centro comercial e centro produtor. Como aspeto ilustrativo deste processo, refira-se a transferência dos interesses comerciais portugueses e espanhóis para Antuérpia ainda no final daquele século. Esta decadência era evidente nos finais da centúria de quinhentos, uma altura em que a cidade era conhecida como Bruges-la-Morte, isto é, a Bruges Morta.
No período compreendido entre a Revolução Francesa e as Guerras Napoleónicas (1795-1814), Bruges era governada pelos Franceses. Após 1814, a posse desta cidade transitou para a Holanda até 1831, data em que a Bélgica se tornou independente. Um canal aberto em 1903, que liga a cidade ao porto de Zeebrugge, levou à recuperação económica de Bruges. Nas duas grandes guerras, Bruges não escapou ao domínio germânico.
A indústria que goza de maior reputação a nível internacional é a indústria de renda fina, um produto em grande medida responsável pelo seu reconhecimento no exterior. Outras indústrias com algum destaque são as indústrias têxteis e químicas, bem como os estaleiros navais.
Bruges conheceu a sua maior prosperidade com os duques de Borgonha (sécs. XIV e XV) e conserva monumentos célebres de várias épocas: o Mercado (séc. XIII), a Basílica de Saint-Sang, o Hospital Saint-Jean (séc. XII), a Catedral de São Salvador (sécs. XIII e XIV), a Capela do Preciosíssimo Sangue (séc. XII), a Igreja de Notre -Dame (séc. XII) - com a sua torre de 122 metros - e o Hôtel de Ville (Câmara), cuja construção foi iniciada em trezentos. Além destes edifícios históricos, a cidade tem para oferecer aos seus visitantes preciosas obras de arte, como a Virgem e o Menino, em mármore, autoria atribuída a Michelangelo Buonarroti, e os quadros dos mestres Hans Memling e Jan van Eyck. São também célebres os carrilhões de Bruges, localizados por toda a cidade antiga. O Museu Groeninge, o Museu Gruuthuse e o Museu Memling são outras referências culturais da cidade, que recebe numerosos turistas. Tem cerca de cinquenta pontes sobre os seus canais.
No ano 2000, a UNESCO incluiu o centro histórico de Bruges na lista de Património da Humanidade e em 2002 esta cidade foi, juntamente com Salamanca, designada Capital Europeia da Cultura.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Bruges na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-03 10:41:36]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais