Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros
< voltar
< 1 min

Cabo da Boa Esperança

Situado no extremo sul do continente africano, foi dobrado pela primeira vez pelo navegador português Bartolomeu Dias, em 1487, que o batizou, na altura, de cabo das Tormentas.
A designação cabo da Boa Esperança, que se vulgarizou mais tarde e que alude à expectativa de chegar às riquezas do Oriente contornando o extremo sul de África, é atribuída pelo cronista João de Barros ao monarca D. João II.
Bartolomeu Dias, navegador português que dobrou o cabo da Boa Esperança (1487)
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Cabo da Boa Esperança na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-17 08:27:04]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros