Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Caldas Xavier

Militar português, Alfredo Augusto Caldas Xavier nasceu em 1852, em Lisboa, e morreu em 1896.
A partir de 1876, ainda oficial subalterno (acabaria por atingir o posto de major), partiu em missão para Moçambique, onde desempenhou um papel importante, não apenas do ponto de vista militar mas também no que respeita à construção de infraestruturas essenciais ao progresso da colónia e ao cabal aproveitamento dos seus recursos.
Na verdade, este era um cenário em que os interesses comerciais se confundiam com as estratégias militares e o domínio territorial. Assim, Caldas Xavier interveio por diversas vezes, ora no combate a chefes tribais como o vátua Gungunhana, ora na gestão logística e no estabelecimento de redes de transportes (designadamente, de caminho de ferro), ora ainda na própria concorrência comercial que tinha lugar entre potências colonizadoras.
Além de Moçambique, a ação de Caldas Xavier estendeu-se ao território da Zambézia e da Índia.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Caldas Xavier na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-25 22:45:35]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros