Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Camboja

Geografia
País do Sudeste Asiático. Situado na península da Indochina, abrange uma superfície de 181 040 km2. Encontra-se limitado pela Tailândia, a oeste e a norte; pelo Laos, a nordeste; pelo Vietname, a leste e a sul, e pelo golfo da Tailândia, a sudoeste. As cidades mais importantes são Phnom Penh, a capital, com 1 206 800 habitantes (2004), Batdambang (219 700 hab.) (2004), Kampong Cham (59 500 hab.) e Pursat (46 800 hab.) (2004).
Clima
Phnom Penh, cidade portuária do rio Mekong, substituiu Angkor como capital do Camboja em 1866
Templo de Angkor-Vat, do século XII, no Camboja
As inúmeras peças de estatuária são um dos testemunhos da civilização Khmer, fundadora de Angkor-Vat, no Camboja
Bandeira do Camboja
O clima é tropical de monção. A monção faz-se sentir de abril a outubro e a temperatura média na capital é de 27oC.
Economia
A economia do Camboja encontra-se ainda muito dependente da agricultura, cuja produção se destina maioritariamente ao consumo local. O arroz constitui a principal produção. Para exportação, há culturas de cana-de-açúcar e bananas, bem como plantações de héveas (borracha natural). Cerca de 80% da população ativa dedica-se à agricultura. Em termos de recursos minerais, o país dispõe de reservas de ferro, fosfatos, carvão e pedras preciosas, mas a sua exploração é ainda pouco intensiva. A indústria, de carácter quase artesanal, dedica-se à transformação de produtos agrícolas. Os principais parceiros económicos do Camboja são Singapura, a Tailândia, o Vietname e a Índia.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas,1999), é de 0,1.
População
A população é de 13 881 427 habitantes (est. 2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 75,16 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 26,9%o e 9,06%o. A esperança média de vida é de 59,29 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,556 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) é de 0,551 (2001). As etnias do Camboja são a Khmer (90%), a vietnamita (5%) e a chinesa (1%) e outras (4%). A religião com maior expressão é a budista. A língua oficial do país é o khmer.
História
Em 1864, o Camboja passou a ser um protetorado da França. Durante a Segunda Guerra Mundial, a maior parte do território foi ocupada pelo exército japonês. Em 1944 o país proclamou a independência, mas só em 1953 é que veio a conquistá-la definitivamente. Tentou manter a neutralidade durante a Guerra do Vietname, mas os vietnamitas utilizavam o território vizinho para abastecer as forças que operavam no Sul do Vietname. Este facto obrigou o Camboja a envolver-se na guerra. Em 1970 os EUA bombardearam a maior parte do país. Pouco tempo depois o primeiro-ministro Sihanouk foi deposto pelo general Lon Nol, apoiado pelos norte-americanos.
Este golpe provocou o descontentamento dos comunistas, os Khmers Vermelhos, chefiados por Pol Pot. Em 1976 foi proclamada a República Democrática do Camboja. No ano seguinte, o Partido Comunista do Camboja foi oficialmente reconhecido como o corpo governativo do país. Seguiu-se uma época de extrema miséria. Em 1979 as doenças e a fome, mas também o genocídio sistematicamente praticado pelo regime, tinham já matado cerca de 2 000 000 de pessoas. Entretanto, os Khmers Vermelhos começaram a atacar o Vietname e, em 1979, o Camboja foi invadido pelo país vizinho. O regime comunista caiu e as forças vietnamitas instauraram um governo socialista. A partir desse momento, a guerrilha dos Khmeres Vermelhos passou a atacar sucessivamente o poder.
Em 1991, as várias fações assinaram um acordo de paz sob os auspícios da ONU. Dois anos mais tarde, a ONU supervisionou as eleições livres e Sihanouk, que voltara ao país pouco tempo antes, formou um governo de coligação e mais tarde tornou-se rei. Nem por isso a situação política no país se mostrou estável, contudo. A guerrilha dos Khmers Vermelhos prosseguiu a sua luta. Por outro lado, deu-se em 1997 um golpe de estado em que o co-Primeiro-Ministro Hun-Sen afastou do poder o outro co-Primeiro-Ministro, o príncipe Ranariddh, filho do rei Sihanouk.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Camboja na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-30 16:36:41]. Disponível em
Artigos
ver+
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Camboja na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-30 16:36:41]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais