Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

canguru

Animal do filo dos cordados, da classe dos mamíferos, da ordem dos diprotodontes e da família dos Macropodídeos, distribuída por cinquenta e duas espécies. Pertencem a esta família os cangurus.
O canguru-vermelho (Macropus rufus) pertence ao grupo dos grandes cangurus em que os machos são bastante maiores e mais pesados que as fêmeas. As extremidades posteriores são mais fortes e desenvolvidas que as anteriores. A bolsa marsupial está situada na face ventral, aberta para a frente. Possui grandes orelhas e cauda musculosa e muito forte. São animais herbívoros. A densidade dos cangurus-vermelhos varia muito, num mesmo lugar, de uma época do ano para outra mas não se pode falar em migrações. São deslocações, relativamente curtas à procura de bons pastos.
Embora considerados como animais noturnos os cangurus dependem, quanto aos hábitos, da luz e da temperatura. Os cangurus fogem saltando. Utilizando as fortes extremidades posteriores como molas e a cauda como peça que transmite o movimento. Podem dar saltos até 9 metros de comprimento e mais de 3 metros de altura. A velocidade normal é de cerca de 13 quilómetros por hora, podendo atingir os 50 quilómetros hora quando em fuga precipitada.
O canguru é um mamífero marsupial originário da Austrália
Canguru com filhote na bolsa marsupial
A maturidade normal é atingida mais cedo nas zonas húmidas do que nas regiões de maior aridez. Os indivíduos mais precoces atingem a maturidade a partir dos vinte meses.
Os machos reconhecem a fêmea em cio pelo odor. Depois do emparelhamento o período de gestação é de trinta a quarenta dias nas diversas espécies de cangurus e é de trinta e três dias no canguru-vermelho.
A proximidade do parto só pode ser conhecida quando a canguru-fêmea começa limpar a bolsa marsupial, que está presente em todos os membros femininos deste grupo zoológico.
O juvenil quando nasce é muito pequeno, não mais de 1 grama, sem pelo e com os olhos e orelhas ainda não perfeitamente formados. Agarra-se ao pelo da mãe e começa a percorrer o caminho que o levará desde o orifício uro-genital até à bolsa marsupial. Este caminho é percorrido em 10 ou 15 minutos. Na bolsa marsupial agarra-se a um mamilo que não largará até passarem mais de seis meses.
O aleitamento demora até a cria atingir um ano. Uma fêmea canguru pode em simultâneo amamentar uma cria que vive fora da bolsa marsupial, conservar um recém-nascido agarrado ao mamilo e conter dentro de si um óvulo fecundado.
São exemplo de grandes cangurus o canguru-cinzento-oriental (Macropus giganteus) e o Euro (Macropus robustus).
Os cangurus são mamíferos marsupiais vegetarianos e encontram-se na Austrália e Nova Zelândia.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – canguru na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-02 02:23:32]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais