Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Caracas

Aspetos Geográficos
Capital da Venezuela, Caracas situa-se no Norte do país, seguindo um vale apertado próximo do mar das Caraíbas, do qual se encontra separada por uma cadeia montanhosa (cerro Ávila). Possui um clima temperado e eleva-se até aos 900 metros de altitude. Possui cerca de 3 276 000 habitantes (2005).
História e Monumentos
Vista da cidade de Caracas
A cidade foi fundada em 1567 pelo explorador espanhol Diego de Losada com o nome de Santiago de Léon de Caracas. Nos anos que se seguiram a cidade desenvolveu-se, muito especialmente graças ao cultivo de cacau. No final do século XVIII, as sementes de independência foram germinadas e em 1811 foi assinada uma Declaração de Independência na cidade. No ano seguinte, Caracas foi destruída por um terramoto, o que foi interpretado pelas autoridades como um castigo divino pela rebelião contra a Coroa espanhola. Durante a primeira metade do século XX, a cidade desenvolveu-se bastante à custa da riqueza em petróleo do país. Nos anos 50, Caracas foi alvo de um programa intensivo de modernização que se prolongou durante as duas décadas seguintes. Esse desenvolvimento tornou-a, contudo, um polo de atração para as comunidades rurais que emigraram para a cidade de forma irrefletida e acabaram por criar os "ranchitos" (bairros de lata). Entre os seus principais monumentos, destacam-se o exuberante Capitólio Nacional, o Panteão Nacional (com a sua nave central inteiramente dedicada a Simón Bolívar, o herói nacional) e a Catedral de Caracas (fundada em 1594).
Aspetos Turísticos e Curiosidades
Caracas é uma cidade de desigualdades, que cresceu de uma forma acentuada, mas desordenada e sem planeamento. É ao mesmo tempo moderna e possui focos de grande miséria. A nível urbanístico, é possível ter lado a lado uma pequena e humilde casa e um esplendoroso edifício ultramoderno. Entre os seus muitos locais de interesse, merece destaque a Cidade Universitária (declarada Património Mundial pela UNESCO em 2000); o Parque del Este, um paraíso verde no meio da cidade onde é possível apreciar animais e até uma réplica do navio "Santa Maria"; o Complexo Cultural Teresa Carreño; o Parque Central; ou a Praça Bolívar, com o inevitável monumento ao Libertador Simón Bolívar. A cidade possui muitos restaurantes, teatros, museus e centros comerciais, sendo também um grande foco de imigrantes, especialmente de Espanha, Itália, Portugal, Alemanha e China.
Economia
Apesar de possuir algumas indústrias na sua área metropolitana, Caracas tem uma atividade quase exclusivamente composta pelos serviços, servindo de sede para numerosas empresas deste ramo e também comerciais. É ainda sede da Bolsa de Valores de Caracas e da maior empresa do país, a Petróleos de Venezuela, que negoceia todos os acordos internacionais de distribuição e exportação de petróleo.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Caracas na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-02 02:17:23]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais