Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Carole Lombard

Atriz norte-americana, de seu nome verdadeiro Jane Alice Peters, nascida em 1908 e falecida em 1942. Em 1916, os seus pais divorciaram-se e a jovem foi obrigada a viver com a mãe em Los Angeles. Em 1921, foi descoberta por Allan Dwan, um realizador de Hollywood, quando estava a jogar basebol na rua. Nesse mesmo ano estreou-se num pequeno papel no filme A Perfect Time. Esteve ausente da vida artística durante quatro anos, período que dedicou aos estudos e ao atletismo. Depois de ter feito teatro amador, os Estúdios Fox recrutaram-na para participar numa série de filmes mudos, o mais célebre dos quais foi The Johnstown Flood (A Represa da Morte, 1926). Em 1926, um acidente de automóvel levou a que Lombard fizesse cirurgia plástica, obrigando-a a uma inatividade de dois anos. Em 1931, casou-se com o ator William Powell que conhecera durante as filmagens de Man Of The World. Aos poucos, tornou-se uma das atrizes mais bem pagas de Hollywood, graças a êxitos como No One Man (Casar e Descasar, 1932) e No Man Of Her Own (Casar por Azar, 1932). Recebeu uma nomeação para o Óscar de Melhor Atriz pela sua prestação em My Man Godfrey (Doidos Milionários, 1936). Em 1939, voltou a contrair matrimónio, desta vez com o ator Clark Gable. Já não assistiu ao lançamento do seu último filme, To Be or Not To Be (Ser ou Não Ser, 1942), visto ter falecido num acidente de aviação, quando se deslocava para uma festa onde iria atuar diante dos soldados que combatiam na Segunda Guerra Mundial.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Carole Lombard na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-26 01:29:42]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais