Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Cats (musical)

Célebre musical britânico, concebido e composto por Andrew Lloyd Webber a partir da obra poética de T.S. Eliot intitulada Old Possum's Book of Practical Cats (de 1939).
O espetáculo estreou a 11 de maio de 1981 no New London Theatre, no West End de Londres, com as interpretações de Elaine Page (que substituiu Judi Dench à última hora), Brian Blessed, Paul Nicholas, Wayne Sleep, Sarah Brightman (transformada anos depois em cantora famosa) e Bonnie Langford, entre outros. Foi produzido por Cameron Mackintosh e pela The Really Useful Theatre Company Limited, encenado por Trevor Nunn e coreografado por Gillian Lynne. Ficaria em cena até ao dia 11 de maio de 2002, exatamente 21 anos depois da sua estreia, o que constitui um recorde mundial, com 8949 representações consecutivas.
A 7 de outubro de 1982, estreou-se a produção de Cats na Broadway, no Winter Garden Theatre, conseguindo também aqui um recorde de 18 anos em cena.
Imagem de "Cats", espetáculo famoso de Andrew Lloyd Webber
A história começa no silêncio da meia-noite. De repente, irrompe música e luz revelando um beco onde o lixo se amontoa. Por momentos, vislumbra-se um furtivo gato a correr. Aos poucos, um por um, os gatos vão aparecendo na sua noite anual de celebração, demonstrando as suas habilidades numa fusão de poesia e dança. Inicialmente, mostram-se relutantes em partilhar o seu mundo secreto com a audiência humana, mas depois acedem a abrir-se. Começam por explicar que os gatos possuem três nomes diferentes: aquele que é usado diariamente pelos seus donos, um mais digno e um outro secreto. Victoria, uma jovem e inocente gata branca, inicia uma dança a solo. Entretanto, Munkunstrap, um grande gato cinzento que é também o narrador do espetáculo, explica que eles - os Jellicle Cats - esperam pelo seu líder, o sábio Deuteronomy, que escolherá qual deles irá no presente ano viajar até Heavyside Layer para renascer para uma outra vida. A partir daqui, cada um dos gatos conta a sua história a partir de números musicais, esperando ser o escolhido para tão especial desígnio: Jennyanydots, Rum Tum Tugger, Grizabella, Ansparagus, Skimbleshanks, Rumpleteazer, Mungojerrie, entre outros.
Da peça que redefiniu o musical moderno, o tema musical mais conhecido é "Memory", imortalizado primeiro por Elaine Page e depois por Barbra Streisand.
O seu esmagador sucesso internacional pode avaliar-se pelos números: visto por mais de 50 milhões de pessoas em mais de 300 cidades de todo o Mundo e representado em 11 línguas.
A 6 de outubro de 2004, o lendário espetáculo chegou a Portugal, estreando no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Cats (musical) na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-17 04:50:16]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais