Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

César Franck

Compositor, professor e organista francês, César Auguste Franck nasceu a 10 de dezembro de 1822, em Liège, na Bélgica, tendo-se naturalizado francês, em 1873.
Fez os estudos musicais no Conservatório de Liège e, aos 11 anos, começou a realizar digressões como pianista. Entre 1837 e 1842, teve aulas de Piano, Composição e Órgão no Conservatório de Paris, revelando-se um aluno excelente. A partir de 1844, começou a dar aulas particulares e, em 1872, tornou-se professor de Órgão no Conservatório parisiense, tendo como alunos Vincent d'Indy, Duparc, Tournemire, Lekeu e Ernest Chausson. Durante o período de 1858 a 1890, foi mestre-capela e organista titular da Igreja de Santa Clotilde, em Paris, que passou a usufruir, desde 1859, de um órgão construído pelo famoso organeiro Cavaillé-Coll.
Franck, influenciado por Berlioz e Wagner, é considerado o criador da escola de órgão francesa moderna pela renovação das formas clássicas, pelo emprego da "forma cíclica" na sonata e na sinfonia e pelo cromatismo musical. Os temas das suas obras alternam entre um atmosfera mística e melancólica e uma atmosfera dramática e emocional, como se constata em várias das suas peças. O seu trabalho, apesar de não ter sido reconhecido durante a sua vida pelo público, teve um grande impacto na futura geração de compositores, como d'Indy, Duparc, Debussy, Fauré, Liszt, Ravel e Chausson, entre outros.
César Franck, compositor, professor e organista francês
A sua obra é constituída por três óperas, música sacra, da qual se destaca Panis Angelicus (1872), A Redenção (1871-1872) e As Beatitudes (1879), poemas sinfónicos, como Sinfonia em ré menor (1881), música de câmara, como Sonata para Piano e Violino (1886) e Quarteto de Cordas en ré maior (1889), e música para órgão, evidenciando-se as seis peças para grande órgão (1860-1862) e as três peças corais (1890). A 14 e 15 de abril de 2004, pela primeira vez em Portugal, foi apresentada, na Igreja Nossa Senhora da Lapa (Porto), a obra integral para órgão do compositor, executada pelo professor e organista Eric Lebrun.
César Franck faleceu a 8 de novembro de 1890, em Paris.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – César Franck na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-04 10:40:00]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros