Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

cianobactérias

Grupo de organismos procarióticos, também vulgarmente designados por algas azuis ou cianófitas. Têm dimensões reduzidas, são, geralmente, unicelulares, podendo crescer em colónias. São organismos fotossintéticos, com os pigmentos fotossintéticos clorofila a, carotenoides e ficocianinas, um pigmento azul-esverdeado.
As cianobactérias vivem nos mais variados habitats, nos campos gelados, nos meios extremamente ácidos, básicos ou salgados, na água pura, até aos desertos e fontes quentes com temperaturas de cerca de 85 ºC. Nas fontes quentes as cianobactérias provocam a precipitação do carbonato de cálcio que origina rochas denominadas travertinos. As cianobactérias são, em geral, os primeiros seres fotossintéticos a aparecerem nas lavas arrefecidas a seguir a uma erupção vulcânica. Vivem também associadas a outros seres vivos.
Conhecem-se mais de 1500 espécies que assumem diversas formas, desde esferas a filamentos e colónias. Em algumas zonas dos oceanos as cianobactérias podem atingir a densidade de 10 milhões de células por litro. As cianobactérias são responsáveis por 20% da produção primária dos oceanos e permitem a alimentação da restante cadeia alimentar marinha.
Cianobactérias, do Reino Monera
Algumas espécies de cianobactérias são fixadoras de azoto atmosférico. Em substratos pobres em azoto, estas cianobactérias originam heterocistos que possuem parede celular muito fina e lhes fixar azoto.
Têm capacidade para formar esporos resistentes à dessecação e à congelação. Quando o meio se torna favorável estes esporos originam novas formas celulares.
As cianobactérias reproduzem-se por cissiparidade, mas também podem reproduzir-se por fragmentação dos filamentos e por cissiparidade múltipla.
As cianobactérias não possuem flagelos, mas algumas formas filamentosas como as do género Oscillatoria têm curiosos movimentos deslizantes.
As células das cianobactérias possuem uma túnica mucilaginosa externa, frequentemente muito pigmentada, sobretudo nas espécies terrestres.
Apesar do nome, só cerca de metade das espécies de cianobactérias têm coloração azul-esverdeada. As restantes apresentam cores variadas: dourado-claro, castanho, vermelho, verde-esmeralda, violeta e azul-escuro.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – cianobactérias na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-20 04:27:20]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros