Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Colômbia

Geografia
País da América do Sul. Situado no noroeste do continente, abrange uma área de 1 138 910 km2. A Colômbia é banhada, a oeste, pelo oceano Pacífico e, a norte, pelo mar das Caraíbas. Faz fronteira com o Panamá, a noroeste, a Venezuela, a leste, o Brasil, a sudeste, e o Peru e o Equador, a sul. Os principais rios colombianos são: Orenoco, Amazonas, Madalena e Atrato.
Os majestosos picos nevados do interior do país dominam a paisagem que é composta por florestas equatoriais e savanas onde sobrevivem grupos de índios que continuam a seguir modos de vida dos seus ancestrais. As florestas cobrem metade do território colombiano.
Indígena da tribo Yagua, Amazónia (Colômbia)
Vendedor de gelados de confeção artesanal (Colômbia)
Mercado junto ao Rio Amazonas -Colômbia
Pescadores do interior, Amazónia
Família do interior, Amazónia (Colômbia)
Bandeira da Colômbia
As cidades principais da Colômbia são Bogotá, a capital, com 6 981 500 habitantes (2004), Cali (2 333 000 hab.) (2004), Medellín (1 983 300 hab) (2004) e Barranquilla (1 358 800 hab.) (2004).
Clima
O clima é tropical nas zonas do litoral, moderado pela altitude nas áreas mais elevadas.
Economia
A Colômbia tem uma economia baseada na agricultura e na indústria. O café, em conjunto com as bananas, a cana-de-açúcar e as flores são os principais produtos. A marijuana e cocaína têm crescido ilicitamente em grande escala na Colômbia, alimentando a economia paralela e estimando-se que o seu contrabando represente o dobro das exportações de café. Os principais recursos minerais são o gás natural, o petróleo, o ferro, o carvão e a prata. A sua produção de ouro e de esmeraldas é das maiores da América do Sul e é controlada pelo governo. A indústria é diversificada, desde a alimentar à têxtil, passando pela química. Os principais parceiros comerciais da Colômbia são os Estados Unidos da América, a Venezuela, o Japão e a Alemanha.
População
A população é de 43 593 035 habitantes (2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 37,72 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 20,48%o e 5,58%o. A esperança média de vida é de 71,99 anos. Estima-se que, em 2025, a população seja de 55 065 000 habitantes.
A população é composta por mestiços, brancos, mulatos e ameríndios, que possuem mais de 180 línguas e dialetos. Os católicos representam 95% da população. A língua oficial é o castelhano.
Arte e Cultura
A arte colombiana tem sido bastante influenciada pela cultura europeia, nomeadamente pela que provém da Espanha. A figura mais conhecida da cultura da Colômbia é Gabriel García Márquez, autor da obra Cem Anos de Solidão, considerada um dos melhores romances da América Latina.
História
Antes de ser conquistada pela Espanha, em 1525, com a fundação da cidade de Santa Marta, a Colômbia era habitada pelos índios Chibcha. Em 1538, fez parte da colónia de Nova Granada que incluía o Panamá e a Venezuela. Em 1819, o território do qual também fazia parte o Equador, tornou-se independente com o nome de Grande Colômbia, um Estado formado por Simón Bolívar. A Colômbia conquistou a autonomia total em 1886.
Em 1948, o político e advogado colombiano Jorge Eliécer Gaitán, popular candidato do partido liberal à Presidência da República, foi assassinado. Este acontecimento, que ficou conhecido por "bogotazo", foi o mote para a guerra civil que duraria uma década e que fez 250 000 mortes. A guerrilha esquerdista continuou a não dar tréguas e em 1957 os partidos conservador e liberal formaram uma frente nacional em que praticavam um governo de alternância. Em 1978 os liberais venceram por maioria o congresso e a presidência mas mantiveram o acordo com a Frente Nacional. Em 1982 foram amnistiados os presos políticos da guerrilha de esquerda. O ministro da justiça da Colômbia foi assassinado em 1984 por ter dado início a uma campanha antidroga, mesmo assim, o presidente em exercício, Belisário Betancur deu um grande impulso a esta campanha que levou ao desaparecimento do seu ministro. Em 1986 foi o fim da Frente Nacional. O Partido Liberal venceu as eleições e o presidente Virgílio Vargas declarou uma nova luta contra os traficantes de cocaína após a morte do candidato presidencial, Luís Carlos Galan em 1990.
Uma campanha bombista foi levada a cabo pelos barões da droga em retaliação por confiscação de propriedades e extradição para os Estados Unidos de membros dos cartéis. O presidente norte-americano George Bush foi um dos aliados antidroga na Colômbia, no ano de 1990. Vários cabecilhas ligados ao tráfico de estupefacientes renderam-se às autoridades e foram presos. Esta onda de prisões, incluiu o líder da cocaína de Medellín, Pablo Escobar, que conseguiu evadir-se da prisão, em julho de 1992 mas foi morto quando se encontrava em fuga, em 1993. O Estado de emergência foi declarado um ano depois.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Colômbia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-04 13:11:01]. Disponível em
Artigos
ver+

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais