Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Commodore

Estabelecida em Toronto em 1957, a Commodore foi o amadurecimento da pequena oficina de reparação de máquinas de escrever criada dois anos antes em Nova Iorque por Jack Tramiel. Inicialmente, a Commodore dedicava-se ao mercado de máquinas registadoras mecânicas mas nos anos 70 começou a dedicar-se às máquinas de calcular de bolso, adquirindo a companhia de semi conductores MOS Technology. Chuck Peddle, que na altura era um engenheiro da companhia, estava a trabalhar no novo 6502, um micro processador de 8 bits que em breve se iria tornar na peça fulcral de máquinas como o Apple II, o Atari 800, o Commodore PET e o Commodore 64.
Em 1977, na feira industrial de Hanôver, a Commodore apresentou o seu primeiro computador pessoal, o PET (Personal Electronic Transator), ao qual se seguiu uma completa família de máquinas que tiveram êxito até meados dos anos 80. Nos finais dos anos 80 a Commodore começou a construir máquinas de baixo custo para o mercado doméstico, apresentando o VIC-20. Esta nova máquina era bastante atrativa para o utilizador, tornando-se rapidamente bastante popular.
Em 1982, foi introduzido o Commodore 64, o sucessor do VIC-20. Este novo computador possuía um preço extremamente competitivo, arrasando quase por completo as máquinas da concorrência. Foram construídos cerca de 20 milhões de Commodore 64, tornando a Commodore numa empresa de sucesso.
Apesar do sucesso Jack Tramiel não conseguiu evitar um desentendimento com Irvin Gould, que era então o maior a acionista da Commodore. Jack abandona a companhia para meses mais tarde comprar a empresa Atari. A Commodore continuou a introduzir máquinas no mercado, mas com menor sucesso. Mais tarde a Commodore compra a companhia Amiga e introduz no mercado uma série completa de computadores pessoais Amiga, que eram a principal arma para combater as máquinas lançadas pela Atari. Com o passar dos anos a Commodore foi diminuindo cada vez mais o seu sucesso e em 1995 acabou por ir à falência. Foi no entanto adquirida por uma empresa alemã que também acabaria por falir 12 meses mais tarde, terminando assim o caminho percorrido pela empresa.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Commodore na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-13 19:13:18]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais