Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

complemento preposicional

O complemento preposicional designa a função sintática desempenhada por um grupo preposicional (tal como o nome indica, é introduzido por uma preposição) que é exigido pelo verbo da frase e que não pode ser substituído pelo pronome pessoal "lhe/lhes".
Exs.:
O João vai [a Paris].
O João vem [do Porto].
Os complementos preposicionais a Paris e do Porto têm de ocorrer, obrigatoriamente, na frase e fazem parte do predicado, caso contrário, as frases tornar-se-iam agramaticais: *O João vai. / O João vem.
Por outro lado, os complementos preposicionais a Paris e do Porto não podem ser substituídos pelo pronome pessoal "lhe/ lhes": *O João vai-lhe [a Paris]. / * O João vem-lhe [do Porto].
Os complementos preposicionais a Paris e do Porto seriam considerados na gramática tradicional complementos circunstanciais, ou complementos diretos preposicionados.
O complemento preposicional ou "Actante 4" (A4) é, no quadro teórico da gramática de valências, um argumento interno e obrigatório, selecionado por verbos com preposição fixa, como <gostar de>, <interessar-se por>, <pensar em>, <depender de>, <participar em>, <duvidar de>, <optar por>, <apontar para>, <contar com>, <atender a>, <tratar-se de>, <parecer-se com>, <coligar-se a>, etc.
Este complemento preposicional equivale à função sintática de oblíquo de complemento obrigatório, no enfoque teórico da gramática generativa.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – complemento preposicional na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-29 09:36:35]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros