Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

condensação (meteorologia)

O que chamamos vulgarmente "vapor de água" não é mais que uma fase líquida que aparece sob a forma de microgotículas numa atmosfera saturante, logo que se verificam certas condições termodinâmicas locais que permitem a transformação de fase vapor-líquido e assim se inicia a condensação.
Quer se trate de nuvens, nevoeiro, orvalho ou geada, o processo fundamental da sua formação é um processo termodinâmico à escala microfísica, que se denomina condensação, precisamente porque a transformação da fase vapor-líquido ou vapor-sólido tem como resultado condensar sob um pequeno volume, na nova fase, o que se encontrava presente na atmosfera sob a forma de vapor.
O único parâmetro físico que praticamente condiciona as mudanças de fase de uma massa de ar, com um determinado conteúdo de vapor de água, é a temperatura. A passagem de uma fase à outra (vapor-líquido, vapor-sólido) tem para cada temperatura uma pressão de vapor bem determinada. Se num determinado volume de ar, a uma determinada temperatura, introduzirmos mais moléculas de vapor de água do que as que correspondem à pressão máxima de vapor saturante para esse volume, produz-se um estado de falso equilíbrio que a menor alteração ou a menor impureza permitirá quebrar. Tudo se passa como se as moléculas a mais, incapazes de disputar o seu lugar às outras moléculas, se sintam na obrigação imperiosa de se associarem para obter o menor espaço possível, isto é, condensar-se para que a tensão de vapor de água não ultrapasse o valor máximo permitido pela temperatura. Abaixo desta temperatura crítica, para a quantidade de vapor de água considerada, a condensação inicia-se a este valor, chamado, por vezes, ponto de orvalho.
Efeito causado por neblina
Cauda de condensação provocada pela passagem de um avião
Na realidade, este estado líquido da matéria corresponde a um número relativamente importante de moléculas de água associadas num mesmo ponto. Cerca de 50 a 100 para formar um embrião de germe líquido. A probabilidade de se encontrarem, no mesmo instante e no mesmo ponto, um tão grande número de moléculas é ínfimo. Numa fase homogénea pura, não poderá ocorrer qualquer condensação sem que primeiro se realize uma sobressaturação considerável.
No século XIX, Coulier descobriu que as impurezas da atmosfera é que permitem o vapor de água mudar de fase em condições normais. Estas impurezas, ou núcleos de condensação, como depois foram chamadas, desempenham a função de acumuladores de moléculas de vapor de água e permitem assim que o volume crítico correspondente ao germe da nova fase de saturação seja inequivocamente atingido.
O único meio de atingir a condensação numa atmosfera contendo vapor de água a uma pressão de vapor não saturante é arrefecer o ar de maneira a atingir uma temperatura tal que o número de moléculas de água que a atmosfera contém corresponda à necessária saturação. Na Natureza este abaixamento de temperatura intervém de diferentes maneiras. Para as nuvens e nevoeiro os mecanismos são praticamente idênticos. O orvalho e a geada exigem condições mais específicas.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – condensação (meteorologia) na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-16 20:07:45]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros