Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

< voltar
< 1 min

"Conductus litúrgico"

Na indagação sobre as origens da poesia em língua vulgar, a hipótese de esta derivar de uma raiz latino-românica surgiu da observação de uma similitude formal entre a poesia religiosa e a poesia lírica, baseada na existência, em ambas, de uma estrutura métrica elementar denominada "conductus", constuída por uma parelha métrica seguida de refrão, do tipo aab. A datação da presença do "conductus" em textos dos hinos litúrgicos é, porém, simultânea da formação dos lirismos vulgares, pelo que se deve supor não a dependência de uns relativamente aos outros, mas a sua contaminação, ou até, como defendeu Rodrigues Lapa, a derivação de ambos relativamente a uma matriz latina ou a um fundo oral rural comum.

Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – "Conductus litúrgico" na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-16 12:01:27]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais