Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Córdova

Córdova, ou originariamente Córdoba, é uma cidade integrada na Comunidade Autónoma da Andaluzia, no interior da Espanha mediterrânica, no vale do rio Guadalquivir, encontrando-se rodeada a norte pela serra Morena. O clima é tipicamente mediterrânico, com temperaturas no verão a rondar os 40 ºC e com um inverno com temperaturas suaves.
O povoado que viria a dar origem à cidade de Córdova começou por ter importância no ano de 206 a. C., quando foi conquistado pelos Romanos. Desta época subsiste a ponte romana, com 16 arcos, que liga a parte central da cidade ao Campo de La Verdad, no outro lado do Guadalquivir, e que foi reconstruída pelos Mouros.
No início do século VIII, quando começou a conquista de Espanha pelos Árabes, Córdova foi o primeiro califado e Abd al-Rahmán o primeiro califa. Durante o domínio muçulmano foram construídos vários palácios, entre os quais o Ciudad-Palacio de Madinat al-Zahr, no ano de 936, que foi destruído e saqueado no século XI, mas que foi posteriormente restaurado. Existem também várias mesquitas, destacando-se a que se encontra no quarteirão mouro de Córdova, que tem cerca de 24 000 m2, é sustentada por colunas e arcos e possui inscrições em ouro nos seus mosaicos. Foram ainda construídos outros edifícios públicos, no intuito de tornar Córdova uma cidade semelhante a Constantinopla, Damasco e Bagdade.
Mesquita em Córdova, Espanha
Rua típica da judiaria em Córdova, Espanha
A partir do século XI, como consequência da Guerra Civil (1009-1031), o domínio mouro é perdido e ocorre uma série de alterações. No século XIII, em 1236, o maior mosteiro tornou-se numa catedral e foram construídas estruturas defensivas, como a Torre Fortaleza de la Calahorra e o Alcazar de los Reyes Cristianos, que serviu, depois da Reconquista, como edifício do Tribunal da Santa Inquisição.
Na cidade, as paredes conservam-se pintadas de branco, as estradas são estreitas e os pátios são coloridos, mantendo-se uma morfologia tipicamente mourisca. Como tal, o centro histórico de Córdova é um dos contemplados pelo estatuto de Património Mundial, atribuído pela UNESCO, tendo sido pela primeira vez inscrito em 1984, e tendo dez anos mais tarde, englobada a extensão da Mesquita de Córdova.
Em Córdova são frequentes os museus, nomeadamente na Plaza del Potro, destacando-se o Museu Provincial de Belas Artes, o Museu de Julio Romero de Torres, o Museu Diocesano de Belas Artes e o Museu Arqueológico Provincial.
A cidade é um centro de comércio, muito ligado a produtos agrícolas, nomeadamente à azeitona e aos citrinos, mas também a produtos industriais, como a cerveja, a maquinaria e os têxteis.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Córdova na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-25 20:58:42]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais