Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Cortes de Júpiter

Auto de Gil Vicente, de 1521, representado ao rei D. Manuel aquando da partida da infanta D. Beatriz, duquesa de Saboia, que se iria junta ao seu novo marido.
Personagens: Providência, Júpiter, Quatro Ventos, Mar, Sol, Lua, Vénus, Marte e uma Moura Encantada.
Argumento: Esta comédia, que conjuga canções e dança com diálogos, desenvolve o tema da viagem de D. Beatriz. Após o discurso da Providência, Júpiter, rei dos elementos, convoca as cortes e concerta planetas e signos para favorecerem a viagem. Já reunidos, os deuses decidem proteger a frota que conduzirá D. Beatriz ao seu novo país. Os habitantes de Lisboa e os membros da corte transformam-se em peixes que escoltam os navios até ao alto mar. Marte exalta a Fé de Portugal aquando da entrada da frota no Mediterrâneo, parcialmente dominado pelos mouros.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Cortes de Júpiter na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-05 03:44:13]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais