Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Crescente Vermelho

Organização humanitária não governamental, federada com a Cruz Vermelha Internacional, o Crescente Vermelho foi utilizado nos países muçulmanos, tendo sido a sua utilização pedida pela Turquia. Oficialmente adotado em 1929, foi contudo utilizado pela primeira vez, pelos voluntários internacionais da Cruz Vermelha, no conflito armado entre a Turquia e a Rússia dos anos 1876 a 1878. Mais de três dezenas de nações muçulmanas adotaram este símbolo, que continua a ser em vermelho sobre fundo branco, substituindo apenas a cruz por um crescente lunar.

Em 1983 já se tinha criado a Liga das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, surgindo em 1991 a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e Crescente Vermelho, nome que subsistiu desde então. Os princípios fundamentais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho foram incorporados nos Estatutos destes organismos em 1986, tendo sido estabelecidos em Viena no ano de 1965.

Estes princípios são a imparcialidade (ajuda a pessoas de qualquer religião, raça, orientação política ou condição social), a independência do movimento (autonomia para atuar de acordo com os princípios do movimento), o serviço voluntário (não remunerado), a unidade (existência de uma só entidade central do movimento em cada país, que é acessível a todas as pessoas), a humanidade (com o objetivo principal de prevenir e aliviar o sofrimento de todas as pessoas em qualquer circunstância), a universalidade (todas as sociedades têm os mesmos direitos e o dever de se ajudar mutuamente) e a neutralidade (não toma partido político, ideológico, racial e religioso).

Em 1997 fez-se em Sevilha um acordo sobre a Organização das Atividades Internacionais dos Componentes do Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho. Desde 8 de dezembro de 2005 o Cristal ou Diamante Vermelho (em forma de losango) juntou-se como símbolo oficial à Cruz Vermelha e Crescente Vermelho.

A conferência internacional que reúne a Cruz Vermelha e Crescente Vermelho realiza-se de quatro em quatro anos. O papel extremamente relevante desempenhado por esta organização em todo o mundo fez com que em Genebra se criasse um museu a ela dedicado.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Crescente Vermelho na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-20 02:52:14]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais